segunda-feira, setembro 21Notícias
Shadow

Suposto esquema de fraudes contra a Celesc é alvo de operação policial em SC

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (10) uma operação que apura suposto esquema de fraudes em processos de indenização por danos de falta de energia elétrica nas cidades de Rio do Sul, Ituporanga, Vidal Ramos e Pouso Redondo, no Alto Vale do Itajaí. O prejuízo às Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) é estimado em R$ 26 milhões.
A operação, batizada de “Nicotiana”, cumpre sete mandados de busca e apreensão, e é realizada pela Delegacia de Estelionatos e Defraudações (DD) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Segundo a polícia, o suposto esquema começou a ser investigado em 2019. Agricultores seriam aliciados para ingressar com ações judiciais de indenização por danos decorrentes de falta de energia elétrica, causando prejuízos à Celesc.
— As investigações apuram a utilização de laudos falsificados em processos indenizatórios contra a Celesc. As investigações apuram ainda prejuízo estimado no valor de R$ 26 milhões, e que esses laudos foram utilizados em cerca de 1.200 processos só no ano de 2020 — afirmou o delegado Pedro Mendes, da Deic.

FONTE: SANTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *