sábado, agosto 15Notícias
Shadow

David Luiz dá a volta por cima, Arsenal vence o Manchester City e avança à final da Copa da Inglaterra

Aubameyang faz dois gols, uma em cada tempo, e garante a vitória em Wembley. Triunfo ficou marcado pelo grande desempenho defensivo do time de Londres, maior vencedor do torneio com 13 títulos

Maior vencedor da Copa da Inglaterra, com 13 títulos, o Arsenal garantiu vaga para mais uma decisão do torneio. A classificação veio neste sábado, com a grande vitória sobre o Manchester City, por 2 a 0, em Wembley. Os dois gols foram do atacante Aubameyang. Agora o Arsenal aguarda o vencedor do confronto deste domingo entre Chelsea e Manchester United. A final será no dia 1º de agosto.
O cara do jogo
O atacante Aubameyang foi um dos destaques do Arsenal na vitória sobre o Manchester City, ao marcar dois gols, um em cada tempo. Ele chegou a 25 gols em 41 jogos pelo Arsenal nesta temporada. Desde que chegou ao clube, em 2017/2018, são 66 gols em 106 partidas.

Volta por cima
Se no último confronto entre Arsenal e Manchester City o zagueiro David Luiz teve uma atuação desastrosa, a história foi bem diferente neste sábado. O brasileiro foi um dos grandes nomes do triunfo em Wembley. Ajudou na saída de bola, esteve atento nas coberturas e ganhou praticamente todas as bolas pelo alto. Ele simboliza o grande desempenho defensivo do time. O City teve um total de 16 finalizações na partida, mas apenas uma foi na meta de Martínez.

Como foi o segundo tempo
O Manchester City foi bem melhor no segundo tempo, principalmente nas participações de De Bruyne e Sterling. Criou algumas oportunidades de gol, mas só acertou a meta adversária no chute de Mahrez. A defesa do Arsenal se saiu muito bem em vários os aspectos (recomposição, duelos individuais etc). E o segundo gol de Aubameyang foi fruto da qualidade do time na transição ofensiva.

Como foi o primeiro tempo
O plano do Arsenal deu muito certo no primeiro tempo. Principalmente no momento defensivo e nas transições. Foram três bloqueios de chute do Manchester City, nenhum chegou à sua meta. Além disso, oito interceptações de passe. O gol que abriu o placar, de Aubameyang, foi construído com uma longa troca de 18 passes, desde a sua área, envolvendo 10 jogadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *