Você está aqui
Início > NOTÍCIAS > ESPORTE > T-Rex vence Santa Maria Soldiers em virada espetacular e está nos playoffs da BFA

T-Rex vence Santa Maria Soldiers em virada espetacular e está nos playoffs da BFA

Com esse resultado, o T-Rex chega a quatro vitórias em cinco jogos na temporada regular e se coloca na segunda posição da Liga BFA Elite – Conferência Sul.
O T-Rex enfrentou 12 horas de viagem até Santa Maria, no Rio Grande do Sul, para encarar seu quinto desafio na Liga BFA Elite – Conferência Sul. A partida foi contra o Santa Maria Soldiers, atual campeão gaúcho e, antes dessa partida, líder e único invicto na Conferência Sul. O T-Rex conquistou a vitória por 28 a 21 em um placar impressionante, confirmando, com uma rodada de antecedência, sua classificação para os playoffs (fase de mata-mata) da competição.
Não bastasse a cansativa viagem ao estado vizinho, o Rex chegou a estar 21 pontos atrás no marcador até parte do terceiro quarto de partida. Foi nessa altura que começou a reação dos visitantes, que conquistaram o empate no tempo regulamentar, levando a partida para o overtime (prorrogação). No tempo extra, o Rex alcançou a vantagem no placar com touchdown anotado pelo running back #28 Well Garcia, somando o ponto extra do kicker #8 Diego Boddenberg, para deixar o placar em 28 a 21. Na sua campanha, o Soldiers não teve sucesso e a partida terminou com vitória do T-Rex.

O JOGO
A partida começou com as defesas sobressaindo sobre os ataques. O Santa Maria Soldiers começou a mexer no placar somente no segundo quarto, com o touchdown de Nathan Dias para abrir o placar, contanto com o ponto extra confirmado para os 7 a 0. Ainda antes do intervalo os donos da casa ampliaram a vantagem com touchdown de Elesbão, novamente com ponto extra confirmado e 14 a 0 no placar durante o intervalo.
No início do terceiro quarto o ataque do Soldiers voltou a produzir e chegar a end zone com Nathan Dias que, somando com o ponto extra, abriu 21 a 0 no marcador. Deste momento em diante começou a retomada do Rex na partida com o touchdown anotado pelo wide receiver #4 Guilherme Meurer após passe do quarterback #7 Bassani, contanto com o ponto extra convertido pelo kicker #8 Diego Boddenberg para colocar os primeiros 7 pontos do Rex no placar.

A defesa do T-Rex conseguiu segurar o ataque do Soldiers e devolveu a bola para o Rex rapidamente que, já no início do último quarto, chegou a seu segundo touchdown em uma corrida de 70 jardas no running back #38 Sabonete. O ponto extra não foi convertido e o placar, nesta altura, mostrava Soldiers 21×13 T-Rex.
Após o kickoff de reinicio de jogo, o time defensivo do Rex voltou a neutralizar o ataque santa-mariense e forçou o punt, recolocando os comandados de Bassani em campo. Com bons avanços entre corridas e passes, o time visitante chegou a uma boa posição no ataque e marcou o terceiro touchdown na partida em uma conexão do quarterback #7 Bassani para o wide receiver #2 Will, chegando ao empate após a conversão do mini touchdown por Bassani.

A partida se encaminhava para o fim quando o time de ataque do Santa Maria Soldiers entrou em campo buscando uma pontuação para vencer a partida. Com poucos segundos no relógio, o time tentou um field goal, mas sem sucesso. A partida, então, foi decidida na prorrogação! No futebol americano, a prorrogação consiste em uma posse de bola para cada equipe, iniciando na linha de 25 jardas no campo de ataque. O time que pontuar em sua campanha e impedir a pontuação do adversário, vence o jogo.
Quem iniciou com a posse de bola no overtime foi o T-Rex. A equipe conseguiu chegar na end zone após uma corrida do running back #28 Well Garcia, contanto com o ponto extra convertido pelo kicker #8 Diego Boddenberg para colocar o Rex, pela primeira vez na tarde, em vantagem no placar: Soldiers 21×28 Rex.

Por conta de uma falta durante a jogada do touchdown do T-Rex, o Soldiers iniciou sua campanha na prorrogação na linha de 40 jardas. O time conseguiu bons avanços, chegando até a linha de 9 jardas. Após uma falta, o ataque recuou 5 jardas e ficou na linha de 14, o que dificultou o trabalho dos donos da casa. A defesa do T-Rex soube ler as jogadas e parou o ataque, impedindo a chegada na end zone e confirmando a vitória do Rex.
“O fator determinante para essa reviravolta no placar foi a confiança no trabalho. No esforço. Entendimento do processo. Todos sabiam que era possível. E não desistimos em nenhum momento. Quando levamos o terceiro touchdown ainda acreditávamos” – declarou Lener Fernandes, Coach do T-Rex, sobre a virada do T-Rex no placar, uma das maiores da história do clube.
Além da importância dessa vitória para a sequência do campeonato na questão de classificação para os playoffs, o coach também destaca o papel emocional desse jogo. “Apesar da viagem para essa partida ser longa e cansativa, é uma experiência social de união. O time entrou no ônibus um. Saiu dele outro. Começou o jogo outro e terminou o jogo novamente transformado. É uma construção diária. A experiência de sábado foi mais uma delas pra transformação do renovado Rex”.
Lener reconhece que o time vem em uma evolução desde sua estreia na BFA mas lembra que ainda existe um longo caminho pela frente. “Não é porque ganhamos uma partida numa virada sensacional que já estamos no Brasil Bowl, ou que somos campeões de 2019. Esta foi uma excelente partida? Foi. Ganhamos bem? Sim. Mas ainda tem times fortes na conferência sul que querem chegar na semifinal sul. E tem outras grandes equipes no Brasil que estarão lá. Não ganhamos nada ainda. Temos muito o que melhorar e trabalhar” – finalizou.

O CAMPEONATO
Com esse resultado, o T-Rex chega a quatro vitórias em cinco jogos na temporada regular e se coloca na segunda posição da Liga BFA Elite – Conferência Sul. O próximo duelo da equipe timboense na competição é novamente fora de casa. No fim de semana do dia 12 de outubro o time visita o Paraná HP no Croco Stadium, em Curitiba. Se vencer esse jogo e contar com uma combinação de resultados, o time ainda tem chances de encerrar a primeira fase com a melhor campanha da Conferência.

Fonte: T-Rex Sports Academy | Fotos: Gabriel Haesbaert/Diário de Santa Maria

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top