Você está aqui
Início > NOTÍCIAS > GERAL > Manifestação pediu justiça pela morte de estudante em Indaial

Manifestação pediu justiça pela morte de estudante em Indaial

O “Movimento Justiça” reuniu centenas de amigos, familiares, professores e diversos segmentos juntos na realização uma manifestação ontem (09) para pedir justiça pela morte do estudante Felipe Wassosniki, morto por atropelamento pelo empresário Marco Antônio Pinsegher, que responde o inquérito em liberdade.

Acompanhado de familiares, Lucas Pinto de 32 anos, sobrevivente do atropelamento ocorrido na madrugada de domingo (03) na Ponte dos Arcos, participou do ato.

Membros da Família Wassosniki, vieram do Estado do Paraná para acompanhar a manifestação que começou defronte do Fórum de Justiça da Comarca de Indaial e caminhou por Ruas de Indaial, inclusive com homenagens ao estudante no local do atropelamento.

“Em 40 dias sonhos foram levados pela ….lama, água, fogo e também por uma Hilux preta” diziam uma das faixas, fazendo referencia ao desastre em Brumadinho, incêndio no complexo de treinamento do Flamengo e o atropelamento, onde o empresário estava numa Hilux no momento do ocorrido.

Outra faixa vinha escrita “acreditem a justiça existe, ela é sutil, discreta e silenciosa”.

Também teve referencia direta ao atropelamento em outra faixa com o dizer “foi doloso sim”. A linha da defesa do empresário foi apontada que ele estaria sob efeito de medicação no momento do ocorrido, mas informação de testemunhas que procuraram a imprensa inclusive com entrevista na TV, contradiz a defesa e afirmaram que o empresário teria ingerido bebida alcoólica antes do atropelamento.

Os coordenadores do “Movimento Justiça” se comunicam com os membros através das mídias sociais e solicitam que quem tiver informações e filmagens de momentos, antes, durante e após do atropelamento que entre em contato com a Polícia Civil.

A defesa do sobrevivente Lucas Pinto anunciou esta semana que assim que o inquérito for finalizado, o que leva em torno de 30 dias, pedirá ao judiciário a prisão do empresário Marco Antônio Pinsegher.

Judson Lima/ Nova FM
Fotos: Vilson Reblin

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top