Você está aqui
Início > NOTÍCIAS > Justiça nega pedido da Blumob para anular reintegração de trabalhadores em Blumenau

Justiça nega pedido da Blumob para anular reintegração de trabalhadores em Blumenau

Desembargadora federal do Trabalho Lília Leonor Abreu entendeu que não foram esgotadas todas as possibilidades para manutenção dos empregos

A desembargadora federal do Trabalho Lília Leonor Abreu negou o pedido da Blumob para anular a decisão judicial que determinou que a empresa reintegre os funcionários demitidos desde o dia 16 de abril.

Segundo o Sindetranscol, sindicato que representa os trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau, mais de 100 motoristas e cobradores foram exonerados sob a justificativa de que a Blumob não tem condições de mantê-los, uma vez que os ônibus estão parados desde 19 de março.

some text

Conforme a decisão, a magistrada compartilha do entendimento do juiz Jayme Ferrolho Junior, que determinou a reintegração dos trabalhadores, de que não foram empregadas todas as possibilidades para manutenção dos empregos.

“Em razão da existência de medidas alternativas previstas no ordenamento jurídico, bem como pela ausência de comprovação da insuficiência financeira da empresa, tenho por ilícita, desproporcional e violadora da razoabilidade a dispensa em massa levada a efeito”, pontuou Lília.

Procurada pela reportagem do nd+, a Blumob informou que não irá se manifestar sobre a decisão da desembargadora.

Fonte: NDTV

some text

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top