Você está aqui
Início > NOTÍCIAS > GERAL > Justiça Eleitoral de SC atende mais de 56 mil pessoas na reta final para regularizar o título

Justiça Eleitoral de SC atende mais de 56 mil pessoas na reta final para regularizar o título

A Justiça Eleitoral de Santa Catarina atendeu mais de 56 mil pessoas entre esta segunda e quarta-feira, reta final para regularização do título de eleitor em que os cartórios eleitorais do Estado atenderam em horário diferenciado para dar conta da demanda. Todos que estavam na fila até as 17h de quarta receberam senhas e serão atendidos ainda nos próximos dias, em agendamentos específicos para estes casos. Para os outros eleitores, o prazo de regularização só reabre em novembro, após as eleições.

Conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), foram feitos 16.804 atendimentos na segunda (782 na Capital), 19.341 na terça (712 em Florianópolis) e 20.742 até as 18h desta quarta-feira (765 em Floripa). Na Capital, depois de um dia marcado por longas filas, 400 pessoas receberam senha até as 17h e ainda serão atendidas ao longo da semana.

Também de acordo com o TRE, cerca de 90% dos atendimentos foram para regularizar títulos que foram cancelados onde a biometria era obrigatória e não foi feita dentro do prazo.

Quem não regularizou a situação eleitoral até esta quarta fica com o título cancelado e não pode votar nas eleições de outubro. Terá que pagar multa quando for normalizar a questão, que tem prazo reaberto em novembro, depois do segundo turno. Durante este intervalo, o cancelamento do título também gera restrições como impossibilidade de tirar passaporte ou nova carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimento de ensino público, inscrever-se para concurso público, tomar posse em cargo público, receber vencimentos de função pública, participar de concorrência pública e obter empréstimo de órgão público.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgará entre o fim de junho e o início de julho a relação final dos eleitores que estão em dia com a Justiça Eleitoral e atualizará o cadastro com as devidas mudanças, como transferências de domicílio.

Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense
FONTE: http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top