Você está aqui
Início > NOTÍCIAS > GERAL > Especialista aponta como proteger informações corporativas no regime de home office

Especialista aponta como proteger informações corporativas no regime de home office

A prática é muito comum nos dias de hoje, principalmente, diante da pandemia de Coronavírus, em que diversas empresas estão adotando o modelo de trabalho.
Com o objetivo de impedir a disseminação e o contágio do Coronavírus (Covid-19), grande parte das empresas de todo o mundo estão adotando o regime de home office. Entretanto, o trabalho remoto requer uma atenção especial por parte dos colaboradores que utilizam deste meio, pois pode trazer uma série de riscos para os negócios que não possuem condutas adequadas de segurança e de seguimento das leis trabalhistas.

O especialista em Gestão da Segurança da Informação da Indyxa, empresa especializada em infraestruturas para missão crítica, Tiago Brack Miranda, destaca que, além da parte legal do trabalho remoto, é necessário aprimorar a segurança dos dados e informações da empresa durante o home office, adotando boas práticas, como, lembrar da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). “As empresas precisam lembrar que continuam tendo a obrigação de resguardar os dados pessoais independente da localização desse tratamento. Por isso, é fundamental que a empresa tenha uma política de segurança para o trabalho remoto com as recomendações e obrigações para seus colaboradores”, diz.
Ainda é recomendado que se evite utilizar redes públicas ou compartilhadas quando estiver longe do escritório. Redes Wi-Fi abertas, que não exigem senhas, são comumente utilizadas por criminosos digitais para capturar dados e senhas de acesso que por ventura você utilize durante essa conexão.

Miranda alerta que os principais riscos de uma violação de dados ao trabalhar em casa são o uso de uma rede de dados não segura que, porventura acabe gerando em uma captura de dados ou senhas de acesso e o uso de dispositivos não corporativos. “Alguns colaboradores não possuem notebook da empresa e acabam, quando trabalhando remotamente, utilizando seus próprios computadores. Esses computadores acabam não estando de acordo com as políticas da empresa e podem estar contaminados. Caso esses computadores se conectem na rede da empresa, esta estará vulnerável e poderá gerar um grande prejuízo”, revela.
É importante lembrar que em caso de suspeita de comprometimento do acesso ou dos dados, é preciso acionar os responsáveis pela segurança da informação da empresa imediatamente para que eles possam tomar as medidas necessárias.

some text

Miranda indica que as empresas ainda podem criar algumas regras nesse processo de home office. “A empresa deve fornecer uma VPN (Virtual Private Network) entre o computador do colaborador e a rede de dados da empresa. Esse mecanismo protege tudo que transitará entre a rede da empresa e o computador criptografando seu conteúdo, ou seja, tornando inacessível a um criminoso digital. Outro ponto importante é que os computadores remotos utilizados pelos colaboradores também estejam protegidos. Recursos de segurança como antivírus são fundamentais para quando o computador estiver fora da rede de dados corporativa”, ressalta o especialista em Gestão da Segurança da Informação da Indyxa.
Portanto, para amenizar os riscos de uma violação de dados em casa, é necessário utilizar somente redes confiáveis para a conexão ou tratamento de dados da empresa no computador e possuir um antivírus atualizado. Estes são os passos obrigatórios para que tenhamos alguma proteção quando do trabalho remoto.

Sobre a Indyxa
Especialista em infraestruturas para missão crítica, a Indyxa é uma das maiores empresas de tecnologia do país, com mais de 180 colaboradores, distribuídos em cinco sedes (Blumenau, Brusque, São Paulo, Recife e Cidade do México). A empresa possui mais de 15 anos de experiência, garantindo a segurança e a alta disponibilidade da infraestrutura de TI de seus clientes. Integramos em nosso portfólio soluções e serviços em infraestrutura de TI com inteligência de negócios, cloud services, segurança e continuidade, hardware e software e projetos e serviços gerenciados.

Bruna Gabriela Ziekuhr
PRESSE COMUNICAÇÃO

some text

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top