Você está aqui
Início > NOTÍCIAS > CONDENADO GRUPO QUE TRAFICAVA DROGAS NO ALTO VALE.

CONDENADO GRUPO QUE TRAFICAVA DROGAS NO ALTO VALE.

Sete integrantes da organização criminosa receberam penas entre 13 e 36 anos de prisão.

Sete integrantes de uma facção criminosa que atuava no tráfico de drogas no Alto Vale do Itajaí, denunciados pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), foram condenados a penas de 13 a 36 anos de prisão. A denúncia contra o grupo foi apresentada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Presidente Getúlio, a partir de investigações realizadas com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) e das agências de inteligências da Polícia Militar e da Polícia Civil.
A operação que desmantelou a organização criminosa que agia no Alto Vale do Itajaí, a partir de Presidente Getúlio, foi deflagrada em junho de 2018, quando o GAECO deu cumprimento a 28 mandados de prisão preventiva, expedidos pela Justiça a pedido da Promotoria de Justiça, e prendeu outras seis pessoas em flagrante delito.

Na ocasião, também foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão nos Municípios de Presidente Getúlio, Ibirama, Lontras e Witmarsum, sendo apreendidas armas, entorpecentes – maconha, cocaína, LSD e crack – e também uma quantia aproximada de R$ 90 mil em dinheiro, sete automóveis e duas motocicletas.
De acordo com o Promotor de Justiça Eliatar Silva Junior, sete dos integrantes da facção criminosa, agora condenados, permaneceram presos preventivamente durante todo o curso do processo e foram denunciados em ação distinta dos demais investigados.

some text

Conforme requerido pelo Ministério Público, o Juiz da Comarca de Presidente Getúlio condenou os réus pela prática dos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e lavagem de dinheiro. A decisão é passível de recurso.

Veja os réus, os crimes e a pena de cada um
Romário Góis Ramos – organização criminosa, tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e lavagem de dinheiro – 36 anos, 6 meses e 3 dias de reclusão.
Roberto França – organização criminosa e tráfico de drogas – 27 anos, 6 meses e 25 dias de reclusão.
Marisson dos Santos Batista – organização criminosa e tráfico de drogas – 21 anos e 10 meses de reclusão.
Emerson Nunes Dias – organização criminosa e tráfico de drogas – 20 anos e 1 mês de reclusão.
Rodrigo Chiodini Correia – tráfico de drogas – 16 anos e 6 meses de reclusão.
Robson Góis Ramos – tráfico de drogas – 14 anos e 8 meses de reclusão.
Alan Félix Lopes – organização criminosa e tráfico de drogas – 13 anos e 4 meses de reclusão.

Jornalismo Nova FM.

some text

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top